Nada aqui.
← Home

LUTA POLÍTICA. Juntos, PSDB e PMDB têm um terço das candidaturas a prefeito barradas por “ficha suja”

Os petistas estão rindo a toa. Mais que isso, estão disseminando pelas redes sociais a informação publicada em reportagem de hoje do jornal Folha de São Paulo. Afinal, dizem eles, quem, afinal é “petralha” – termo muitas vezes utilizado pelos detratores petistas? Bueno, o editor não entra nessa, tanto que a expressão jamais foi permitida em comentários do sítio, por obviamente ofensiva.

Agora, o fato, relatado por Daniel Carvalho e Valmar Hupsel Filho, com base nas informações oficiais da Justiça Eleitoral: dos mais de 300 candidatos a prefeito barrados por terem “ficha suja”, o PT é apenas o oitavo da lista. Que é liderada, veja só, por PSDB e PMDB, que, somados, contam com 105 candidatos barrados. Mais detalhes? Aqui:

 “Justiça barra 317 candidatos a prefeito que têm ficha suja

Os TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) barraram até agora a candidatura a prefeito de 317 políticos com base na Lei da Ficha Limpa, mostra levantamento da Folha nos 26 Estados do país. O número deve aumentar, já que em 16 tribunais ainda há casos a serem julgados. Entre esses fichas-sujas, 53 estão no Estado de SP.

Na divisão por partido, o PSDB é o que possui a maior “bancada” de barrados, com 56 candidatos – o equivalente a 3,5% dos tucanos que disputam uma prefeitura. O PMDB vem logo atrás (49). O PT aparece na oitava posição, com 18 – 1% do total de seus postulantes a prefeito.

Todos os candidatos barrados pelos tribunais regionais podem recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A presidente do tribunal, Cármen Lúcia, já disse que não será possível julgar todos os casos antes das eleições, mas sim até o final do ano, antes da diplomação dos eleitos.

Os nomes barrados pelos TREs irão aparecer nas urnas eletrônicas, mas todos os seus votos serão considerados sub judice até uma eventual decisão no TSE. Exemplo: se o ficha-suja tiver mais votos, mas seu recurso for rejeitado, assume o segundo colocado na eleição.

Entre os barrados, destacam-se o ex-presidente da Câmara dos Deputados Severino Cavalcanti (PP-PE) e a ex-governadora Rosinha Garotinho (PR-RJ)…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Compartilhe!

Publicado em Eleições 2012, Judiciário, Partidos, Política

2 Comentários

  1. Comemorar que tiveram “só” 18 candidatos a prefeito barrados por serem bandidos é o fim. Realmente nossa política não anda bem. Ou será que estão comemorando por terem ficado atrás do PSDB? De qualquer maneira beira o ridículo. É a mesma coisa que falar que um assassino que matou uma pessoa é menos assassino que alguém que matou duas.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: